Em jogo de muitos gols e cartões, Fortaleza empata com São Paulo

O Fortaleza empatou com o São Paulo na Arena Castelão, na noite desta quarta-feira (14), em jogo válido como ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Três gols para cada lado. David, Tinga e Gabriel Dias fizeram para o Leão. Brenner (duas vezes) e Luciano marcaram para a formação paulista.

14 de outubro de 2020

O Fortaleza empatou com o São Paulo na Arena Castelão, na noite desta quarta-feira (14), em jogo válido como ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Três gols para cada lado. David, Tinga e Gabriel Dias fizeram para o Leão. Brenner (duas vezes) e Luciano marcaram para a formação paulista.

Aos cinco minutos de jogo, escanteio para o Leão. O atacante David aproveitou rebote de uma espalmada de Volpi e só completou para as redes. Um a zero.

O empate levou dez minutos para acontecer. Depois de uma jogada rápida pela linha de fundo no lado esquerdo do ataque são-paulino, Gabriel Sara cruzou para o meio da área. Brenner só completou.

Mais cinco minutos se passaram e o Tricolor do Pici passou a frente novamente. Jogada rápida pelo meio e Romarinho serviu Tinga. O lateral ajeitou e arriscou um belo chute de fora da área e marcou um golaço.

O quarto gol, segundo empate paulista, demorou. Aos 44 minutos, Igor Vinicius entrou pela ponta esquerda e cruzou para Luciano. O centroavante chutou forte em cima de Felipe Alves que, por pouco, não evitou a passagem da bola pela linha. Dois a dois. Fim de primeiro tempo.

 Segundo tempo começou morno até que aos dez minutos o goleiro Felipe Alves derrubou o atacante Brenner e foi expulso num lance revisado pelo VAR. O jogo voltou após longa demora.

O Fortaleza passou a frente outra vez, aos 19 minutos. Lançamento de Juninho para o centro da área achou Gabriel Dias, que cabeceou firme e no canto de Volpi. Três a dois com um a menos.

Aos 44 minutos, o lateral esquerdo Carlinhos também recebeu cartão vermelho e a equipe leonina passou a jogar com nove atletas. Abriu espaços na defesa explorados pelo ataque do tricolor paulista.

O gol do terceiro empate veio no abafa e já nos acréscimos da arbitragem. Uma jogada de Daniel Alves para conclusão de Brenner que deixou tudo igual aos 49 minutos de jogo.

FOTO: Samuel Andrade/Futebolês


Publicidade

Veja também


Desenvolvido por