Ceará tenta garantir permanência do elenco até o final do Brasileirão

William Oliveira, Lima, Léo Chú, Rafael Sóbis e Rodrigão também podem ter seus contratos ampliados para terminarem pelo Vovô o Brasileirão.

14 de outubro de 2020
Ceará tenta garantir permanência do elenco até o final do Brasileirão

O Ceará ampliou o contrato de nove atletas do seu elenco. Os goleiros Fernando Prass e Diogo Silva, os laterais Samuel, Eduardo e Alyson, o zagueiro Brock, os volantes Fabinho e Ricardinho, e por fim o meia Felipe. Ceará tenta garantir permanência do atual o elenco até o final do Brasileirão.

Outros quatro atletas, William Oliveira, Lima e Léo Chú e Rafael Sóbis estão em negociação. As permanência de Lima e Léo Chú até fevereiro dependem da aprovação do Grêmio. Afinal, o Clube gaúcho é o detentor dos direitos federativos dos dois atletas.

Os acordos com William Oliveira e Rafael Sóbis são teoricamente mais simples. Afinal, o Ceará tenta garantir permanência dos atletas até a conclusão do Brasileirão e por isso negocia diretamente com eles e com seus procuradores e

Outro atleta que pode ter seu vínculo ampliado é Rodrigão. Assim, como os demais atletas, inicialmente, seu contrato com o Ceará termina em dezembro. Por causa de questões físicas e clinicas, o atleta que acabou de passar por cirurgia só jogou oito partidas na temporada.

O Ceará aguarda o retorno de Rodrigão aos jogos para avaliar a sua manutenção. O atacante passou por uma cirurgia na tíbia, mas já está fazendo trabalhos físicos.

(Arte: Jussie Cunha)


Publicidade

Veja também


Desenvolvido por