Fortaleza vence Ceará novamente e é bicampão cearense

Com gol de do lateral Tinga, o Tricolor do Pici volta a vencer o Clássico-Rei e levanta o 43º troféu estadual

21 de outubro de 2020

Fortaleza. Ceará. Castelão. Clássico-Rei. Troféu. Tradição. Rivalidade. Tudo isso junto, na noite desta quarta-feira (21), consagrou o time tricolor bicampeão cearense da atípica temporada 2020. Gol do título? O predestinado Tinga.

A necessidade de vencer por dois gols não foi contemplada nas duas bolas na trave que o ataque alvinegro acertou com menos de 15 minutos. Vina e Sóbis arrancaram apenas “uuuuu” nas arquibancadas caseiras de milhares de torcedores.

A vontade de manter o resultado fez os atletas leoninos equilibraram o jogo a partir dos vinte minutos. O interesse em manter a bola longe de sua meta foi sendo alcançado com o passar dos minutos e perda de intensidade adversária.

As primeiras quarenta e cinco voltas do ponteiro aconteceram sem o fato consumado de bola nas redes. Apenas uma paquera quente, mas que fez balançar forte a trave que faz paralelo a avenida Paulino Rocha.

O segundo tempo começou e com sete minutos a danada da bola passou faceira pela área tricolor, da esquerda para a direita e no trajeto inverso. Ninguém, no entanto, conseguiu tocá-la para fazer com que beijasse a rede.

O romance enfim aconteceu. Se deu aos quinze 15 minutos. Mas, antes, um charme ao beliscar a trave. A bola se ofereceu ao lateral Tinga, que tem um eterno caso com ela em noites assim. Entrou cheia e achou as redes ansiosas de braços abertos.

Como selo um troféu. A conquista dos atletas vestidos de vermelho, azul e branco, que seduziram a bola e consumaram o almejado ato do gol, levou a 43ª taça estadual. Noite de brinde tricolor...

(FOTO: Samuel Andrade)


Publicidade

Veja também


Desenvolvido por